Quarta-feira, 3 de Agosto de 2011

comentário 20

Feito pela LostDreams

 

publicado por - Biaa às 18:56
link | deixa a tua marca :D | ver as marcas xD (2) | favorito
Quarta-feira, 20 de Julho de 2011

Novo Visual e botão do twitter.

Como podem ver o blog tem um novo visual.

Que foram feito pela - Angie @. Vão dar uma olhadela no blog dela (até rimei xD) agora as encomendas encontram-se fechadas, mas em breve vão abrir e vale a pena esperar ;)

E meti na barra lateral um botão to twitter e adorava que (quem tiver) me seguisse.  :D

Se me seguires claro que também te vou seguir ;)

 

Mais uma vez obrigada á - Angie @ por ter feito o visual.

Comentem e sigam-me no twitter bjs –Biaa.

 

 

publicado por - Biaa às 23:04
link | deixa a tua marca :D | ver as marcas xD (4) | favorito
Terça-feira, 19 de Julho de 2011

3º Capítulo

Os dias foram passando e Margarida estava a apreciar muito estar naquela ilha com a Alice e a sua mãe. Mas, infelizmente, chegou o dia de voltar a casa.

Ao voltar foi ter com os seus pais que tinham muitas saudades suas. Depois de descansar da longa viagem foi passear num parque perto da sua casa. Margarida adorava aquele parque, porque não era muito grande nem tinha muitas pessoas, no entanto tem muitas árvores e muitos animais. Aquele parque era como o seu porto seguro quando estava triste ou precisava de pensar ou simplesmente queria estar sozinha ia para aquele parque. Quando chegou ao parque sentou-se na relva molhada ao pé do seu lago preferido a pensar naquelas duas semanas passadas na ilha com a Alice.

Margarida estava perdida nos seus pensamentos quando sente alguém a tocar-lhe no seu ombro. Olha para trás e repara num rapaz alto com olhos azuis e moreno, que aparentava ter a sua idade. Ficou vidrado nos olhos azuis do rapaz, tal como o rapaz ficara vidrado nos olhas da rapariga.

-Desculpa vi-te aqui sozinha um pouco triste e decidi perguntar-te se estava tudo bem. -disse com um sorriso, mas um pouco envergonhado.

-Estou bem, não era preciso preocuparas-te. -respondeu com um sorriso nos lábios.

Ele sentou-se a seu lado e passaram a tarde juntos a falar. Margarida falou-lhe de tudo o que lhe tinha acontecido, desde a discussão com o seu pai até às semanas na ilha com a Alice e por mais incrível que lhe parecesse o rapaz ouvia atentamente tudo o que ela dizia.

-Bem já se esta a fazer tarde tenho de ir embora. – disse a rapariga tristemente.

- Ah… pois, mas antes de ires podes dizer-me o teu nome?

-Margarida, mas podes chamar-me Meguie. - Disse-lhe com um sorriso.

- Daniel, mas podes chamar-me Dan. - também lhe sorriu

-Vemo-nos por ai Dan.

Dito isto Margarida regressou a casa sempre com Dan no pensamento. Quando chegou a casa a sua mãe chamou-a para jantar, assim que entrou na cozinha Margarida reparou logo no cheiro da sua comida preferida que a sua mãe cozinhava tão bem. Entro na cozinha e notou que a mesa já estava posta, o que era bastante estranho pois em sua casa quem punha a mesa era sempre ela, porque os seus pais estavam sempre ocupados a fazer outras coisas e o seu irmão era o preguiçoso da casa.

Sentou-se no seu lugar sem falar com ninguém durante todo o jantar. Ao terminar despediu-se da família e retirou-se para o seu quarto. Ligou a televisão e o seu portátil da “Apple” e começou a falar coma alguns dos seus amigos da escola mas como não estava a ser muito interessante desligou o portátil e a televisão e foi dormir.

publicado por - Biaa às 16:54
link | deixa a tua marca :D | ver as marcas xD (5) | favorito

comentário 10

Feito pela Carol

Obrigada querida :D

 

publicado por - Biaa às 16:49
link | deixa a tua marca :D | ver as marcas xD (2) | favorito
Domingo, 10 de Julho de 2011

2º Capítulo

Antes de mais peço imensas desculpas a todas minhas leitoras sei que não tenho perdão, mas espero que me possam perdoar.

Agora as desculpas esfarrapadas xD. Eu estive no Algarve sem net por isso não pode postar.

Queria dedicar este capítulo a uma nova leitora que é muito esperava este capítulo.

Bjs e espero que gostem do capítulo.

-----------x-----------

 

 Logo que vê a casa de Alice nota-se que é rica. Tem uma casa muito moderna feita de vidro, completamente isolada num dos montes mais altos da ilha. Dentro da casa é tudo luxuoso, há plasmas em quase todas as divisões da casa, os quartos são o triplo do tamanho que deviam ter e as casas de banho são maiores que o quarto de Margarida.

                -Olá Meguie, tudo bem? - Perguntou-lhe Alice.

                -Olá Aly, sim e contigo?

                Foram para o quarto dela e Margarida falou-lhe do seu dilema e perguntou-lhe o que achava que ela devia fazer: seguir o conselho do seu pai ou seguir o seu sonho. Ela respondeu que Margarida devia fazer o que mais gostava, ou seja seguir com o seu sonho.

                Depois disto decidiu falar com a sua melhor amiga de todas, a sua mãe. Em casa foi falar com a sua mãe falou-lhe do seu dilema e disse-lhe também que tinha ido a casa da Alice e que ela lhe tinha dito para seguir o seu sonho. Depois perguntou-lhe o que ela achava que eu devia fazer ao que ela respondeu que Lisa devia fazer o que achava mais correcto.

                Passaram-se semanas até decidir o que ia fazer.

                -Pai... lamento que não gostes, mas o meu sonho é seguir artes e é isso que vou fazer.

                Seu pai não aceitou logo a sua decisão e isso deprimia muito Margarida. Ela amava muito o seu pai, logo a sua opinião era muito importante, mas mantinha a sua decisão final. Ela queria mudar o ponto de vista do seu pai, queria que o pai mudasse de ideias quanto a que todos os fotógrafos acabam mal. Ela não iria acabar mal.

Certo dia recebe uma chamada da sua amiga Alice a convidá-la para vir passar duas semanas com ela e com a família da Alice na ilha privada da mãe.

No dia de seguir viagem para a ilha Margarida despediu-se dos seus pais e foi para casa da Alice.

                -Aly que saudades! Estou ansiosa por irmos para a ilha!

                E puseram-se a caminho do aeroporto para apanhar o avião para irem para a ilha. Ao chegarem Margarida avistou uma grande casa no meio da praia. A casa era muito parecida com a casa da Alice em Mannet. Era moderna mas em vez de ser feita de vidro era feita de madeira, no entanto continuava a ter muitas janelas. A mãe da Temperance era viciada na luz, adora que a casa estivesse iluminada durante todo o dia.

                -Uau! Esta casa é incrível! – Disse Margarida.

                -Obrigada Meguie! – Disse Alice envergonhada.

                Entraram dentro da casa que por dentro ainda era mais bonita que por fora. Era uma típica casa de praia com uma vista magnífica para o mar. A praia é completamente deserta o que era muito bom para Lisa, pois ela não gostava da ir á praia por causa de ser tão movimentada. Lisa era uma pessoa calma que adorava o sossego daí ela gostar tanto daquele sitio. Como já era hora de almoço foram para a cozinha e a mãe da Alice cozinhou um excelente almoço. A mãe da Alice era muito boa cozinheira, pois já tinha sido cozinheira antes de, claro, se tornar uma grande escritora. Depois do almoço e de terem feito a digestão Alice e Margarida foram para a praia, onde se divertiram imenso a ver a vida marinha e a procura de conchas e búzios.

                Depois voltaram para casas foram tomar banho para tirara a areia do corpo. Depois foram desfazer as malas e arrumar tudo nos armários. Alice tinha daqueles armários como nos estados unidos, ou seja uma quarto que é um armário. Foram para a sala ver televisão até a hora de jantar. A mãe da Alice fez o jantar e foram come-lo. Depois foram para os quartos, que deixaram Margarida boquiaberta. A cama onde iria dormir era enorme, ela nunca tinha visto uma cama tão grande excepto, claro, a cama da Alice em Mannet.

publicado por - Biaa às 02:04
link | deixa a tua marca :D | ver as marcas xD (1) | favorito
Sábado, 25 de Junho de 2011

1º Capítulo

                 Era uma vez uma rapariga chamada Margarida que vivia na ilha de Mannet, nas Caraíbas. Margarida não era uma rapariga normal como as outras da sua idade, ela era ambiciosa, corajosa e acima de tudo estudiosa, o que era uma qualidade muito invulgar nas raparigas de 15 anos. Margarida sonhava em ser uma grande bailarina.

Pois tinha muito jeito para tal. Também era muito talentosa para as artes como a teatro e o desenho. Como estava a acabar o 9º ano era tempo de começar a pensar que curso iria seguir. Margarida queria seguir artes, mas o seu pai, que também cometera o mesmo erro, opunha-se a tal desejo. Dizia-lhe para escolher outro curso como ciências ou economia.

                Um dia Margarida chegou a casa estafada da escola e decidiu que era o momento exacto para enfrentar o seu pai.

                -Já decidis-te que curso vais tirar? - Perguntou-lhe o pai. A resposta que o pai queria ouvir era obvia no entanto, Margarida não se ia deixar derrotar tão facilmente.

                -Por acaso sim, pai, já decidi. Vou para artes quer queiras quer não - disse-lhe com um ar impunemente.

                -MARGARIDA sabes bem que não quero que sigas artes. - disse-lhe seu pai gritando.

                -Mas pai, porquê?

                -Margarida já viste o que me aconteceu a mim... Ganho muito pouco se não fosse pela tua mãe ser advogada o que seria de nós?

                -Mas pai eu serei uma bailarina muito conhecida por todo um mundo. Serei grande!

                -Filha isso são sonhos de crianças. Achas mesmo que isso será possível. Tudo depende da sorte. Nada está garantido.

                -Pai a sorte somos nós que a criamos.

                Dito isto Margarida foi para o seu quarto descansar pois estava farta de ouvir o seu pai destruir os seus sonhos que á muito tinha alimentado. Margarida sabia que em certa parte o seu pai estava certo. Tudo dependia do destino. Agora a única coisa que Margarida podia fazer era estudar mais que nunca para realizar o seu sonho.

                Chegou o último dia de aulas e a directora de turma entregou a sua turma um papel para renovar a sua matrícula e escolher para que curso iriam para o próximo ano. Margarida não podia estar mais confusa, não sabia se devia seguir o conselho do pai ou seguir com o seu sonho. Tinha muito em que pensar. Decidiu então ir a casa de uma amiga chamada Alice (também conhecida por Aly) cuja mãe era uma escritora muito conhecida e muito rica, já o pai era um bêbado e foi por isso que a mãe da Alice pediu o divórcio.

 

 

 

Espero que tenha gostado e comentem nem que seja para dizer que está uma porcaria.

bjs -Biaa'

publicado por - Biaa às 14:43
link | deixa a tua marca :D | ver as marcas xD (7) | favorito

Personagens

Margarida Henriques
Tem 15 anos e é uma excelente bailarina de ballet e no 10º ano sonha seguir artes no entanto o seu pai opõe-se a tal situação.
É irmã de Justin, a sua melhor amiga é a Alice e vai apaixonar-se por Daniel.
Justin Henriques
tem 17 anos.é irmão o de Margarida e vai ajuda-la bastante. tem um fraquinho por Roxy.
Alice Marques
tem 15 anos.Melhor amiga de Margarida, no entanto vai ficar muito amiga de Nick.
Roxy Rodrigues
tem 15 anos. Uma das amigas mais próximas de Margarida. Tem um fraquinho por Justin.
Daniel Reis
Tem 15 anos e vai apaixonar-se por Margarida.
é o melhor amigo de Nick.
Nick Jonas
Tem 15 anos.melhor amigo de Dan
vai apaixonar-se por Alice.
publicado por - Biaa às 03:24
link | deixa a tua marca :D | ver as marcas xD (2) | favorito

.A autora.

.pesquisar

 

.Agosto 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.posts recentes

. comentário 20

. Novo Visual e botão do tw...

. 3º Capítulo

. comentário 10

. 2º Capítulo

. 1º Capítulo

. Personagens

.arquivos

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub